Saber amar

Saber amar

tumblr_mkadgseEtz1rdoju6o1_400_large

Há algo diferente. Depois daquele dia tudo mudou. Aquele sentimento voltou e, como sempre, eu tentei afastá-lo de mim. Não consigo entender meu coração. Aliás, eu sei que não mando nele, e já deveria ter colocado isso na cabeça. As coisas simplesmente acontecem, querendo você ou não. Mandar em meu coração. Como seria bom. Evitaria tantas decepções. Às vezes eu me pego lembrando de momentos que ele me fez rir. É dificil evitar. Essas lembranças vêm tão naturalmente. E algumas vezes me pego imaginando como seria bom tê-lo ao meu lado. É incrível como essas coisas me deixam pra baixo. Eu sei que esses pensamentos não vão se tornar realidade, mas ao mesmo tempo é bom imaginar. Ter uma amor não correspondido é ruim e bom ao mesmo tempo. Creio que seja um mal necessário. Amar uma pessoa incondicionalmente, mesmo sem ter esse amor retribuído. Acho que essa é a forma mais bonita de se expressar o amor. Tento imaginar que essa é a prova de que sou capaz de amar alguém tão verdadeiramente. Quando se está amando, as pessoas cometem loucuras, ficam mais felizes. Às vezes dói, claro. Saber que a pessoa que você mais quer ao seu lado, não sente o mesmo por você. Mas devemos acreditar que há uma pessoa no mundo que vai nos amar dessa maneira. Que vai sempre querer estar ao nosso lado. Sempre. E olha que às vezes essa pessoa pode estar ao seu lado.

Loucura de amor

Loucura de amor

Seus olhos se encontraram com os dele. Foi amor a primeira vista. Seu nome era tudo que ela sabia. Catarina não sabia mais nada a respeito daquele rapaz, mas podia sentir que seu coração, ainda batendo rapidamente, estava diferente. Era algo que ela nunca havia sentido. Típica história de adolescente, era o que todos diziam quando Catarina contava o que tinha acontecido. Mas ela não ligava. Decidiu tomar uma iniciativa, maluca, mas que Catarina estava decidida a realizá-la. Nada era impossível para ela. Então começa a busca por seu amor. Como sabia apenas seu nome, começou a procurar a partir disso. Digitou o nome e seu coração começou a bater mais rápido quando viu seu perfil, lá, na primeira opção. Quinze amigos em comum. Decidiu não adicioná-lo. Ela pensou que ele nem deveria se lembrar dela, então achou que essa era a coisa certa a se fazer. Surpresa! Ela notou que seu amigo tinha o seu amor adicionado. Descobriu que eles estudaram juntos. Tinha até uma foto comprovando isso. Ótimo. Ela logo foi falar com seu amigo em comum. A loucura começa aí, quando ela pede desesperadamente que ajude na sua “caça ao tesouro”. Ele, depois de escutar 30 pedidos de Catarina, aceitou, mesmo achando que aquilo era loucura, e era. Tentaram descobrir uma maneira de Catarina se encontrar com seu amor. E depois de muito pensar e de dezenas de ideias descartadas, chegaram a uma conclusão. Ela ficou tão animada que mal conseguia ficar parada.

Passou uma semana, até que chegou o grande dia. Catarina iria revê-lo. Estava elétrica desde a hora que acordou. Era assim que ela ficava quando estava ansiosa. A noite foi chegando, e a hora do encontro estava próxima. Aliás, o plano era o seguinte. Seu amigo em comum marcou um jantar com seu grande amor, que ele não via desde a formatura. Os dois se encontrariam e Catarina apareceria. Seu amigo a convidaria para sentar em sua mesa, pois ela estaria sozinha. Assim, os dois iriam começar a conversar. Finalmente conversar. Plano maluco sim ou claro? Para Catarina não. Ela estava tão apaixonada que não ligava para esses detalhes. O importante era ela conhecer seu grande amor e ficar junto com ele. Então tudo estava certo. O começo do plano aconteceu conforme o esperado. Mas depois de um tempo, Catarina percebeu uma coisa que a deixou surpresa. Seu grande amor não era como imaginara. Catarina, então, não sabia o que fazer. Não estava aguentando ficar perto daquele rapaz. Mas como não tinha jeito de dar uma escapada, aguentou firme e ficou até o final. Depois do jantar, Catarina foi para casa e levou seu amigo. Ficaram por horas falando sobre a chatice daquele homem que um dia Catarina foi perdidamente apaixonada, e rindo do plano maluco que inventaram. No final das contas, isso foi apenas uma loucura de amor. Afinal, quem nunca se atreveu a cometer alguma?